O que é PowerBuilder? E Appeon?

O que é?

PowerBuilder é uma ferramenta tradicional (para não falar velha) de desenvolvimento rápido de aplicações.

Concebida em 1991 pela PowerSoft, que foi comprada pela Sybase em 1995 (por US$904 milhões). Em maio de 2010, a SAP anunciando a compra da Sybase, por consequência, do PowerBuilder também.

Começa o período em que o PowerBuilder fica meio esquecido na história do desenvolvimento. Com um grande update e pequenas melhorias…
Em paralelo, surge o Appeon: Um framework mágico que transforma um software cliente/servidor em uma aplicação Web e/ou aplicativos mobile utilizando html, css, javascript e um pouco de um plugin proprietário.

Este framework ganhou tamanha visibilidade que no dia 5 de Julho de 2016 a SAP fechou um acordo com a Appeon, que agora é responsável por desenvolver o PowerBuilder. Inclusive, o roadmap que eles apresentaram é excelente!

 

Por que utilizar o PowerBuilder?

Quanto tempo você demora para fazer um CRUD simples? Apenas 3 dias? Só 6h? Que tal um CRUD completo, consistente e pronto para o cliente em 5 minutos?

Este é o tempo que o Visual Studio demora para abrir na sua maquina, certo?

Já vi algumas empresas criares frameworks para o PowerBuilder que reduzem o tempo de criação de um CRUD para (quase que literalmente) 5 minutos. Sem este framework, o tempo fica, no máximo, em 1h. Não importa quantas tabelas do banco você utiliza, se você consegue fazer um select incluindo todas elas, você consegue criar um CRUD completo em 30min.

Desde sua criação, nenhuma outra ferramenta conseguiu chegar perto do que o PowerBuilder faz e esta é a razão dele existir por tantos anos e estar agora em fase de evolução novamente.

Claro que ele tem problemas. Nada é perfeito, mas se você ouvir alguém reclamando que o PowerBuilder é ruim, lembre-se que, desde 1991, ninguém conseguiu fazer o que ele faz e agora está de volta em evolução, com grandes updates para chegar.

Se você escuta um desenvolvedor reclamando do PowerBuilder, existem grandes chances (99%) do problema ser o programador e não a linguagem.

 

Quem usa?

De acordo com contatos na Appeon/PowerBuilder, milhares de empresas ao redor do mundo utilizam PowerBuilder. No Brasil, nem tanto. Varia a quantidade de empresas que utilizam Powerbuilder em sua forma tradicional (Cliente/Servidor) e as que utilizam em conjunto com o Appeon.

Como a Appeon não liberou a lista, para titulo de informação, aproveitei o excelente levantamento feito pelo Thiago Campos. Veja alguns exemplos de empresas que utilizam o PowerBuilder no Brasil:

  • Ambev
  • AMIL planos de saúde.
  • Ápia Consultoria e Sistemas Ltda
  • Attps informática (Belo Horizonte)
  • Banco ABN-AMRO
  • Banco BBA
  • Banco BBM
  • Banco BMG
  • Banco do Nordeste
  • Banco Finaustria
  • Banco SAFRA.
  • Banco Mercantil
  • Banco Santander
  • Banco Tokio-Mitsubishi S.A.
  • Banco Votorantim
  • BANESTES
  • Bank Boston
  • Basf S.A
  • BCP
  • Banque Nationale de Paris
  • Bolsa de Valores do Estado de São Paulo
  • Bozano
  • Caixa Econômica Federal
  • Carioca Engenharia ( Christiane Nielsen )
  • Carrefour
  • Caterpillar do Brasil
  • CITROSUCO PAULISTA S/A ( Maior exportadora de Suco de Laranja do País )
  • CODESA (Porto de Vitória)
  • Companhia de Informática de Pernambuco
  • Companhia de Processamento de dados de Uberaba
  • Confederação Nacional da Indústria
  • Consorcio RodoBens
  • Construtora Norberto Odebrecht
  • Coperguaçu ( Maior Cooperativa de criação de frangos do país )
  • Companhia Ciderurgica de Tubarão
  • Credicard S/A
  • CSG International
  • Cumerlato & Schuster
  • DBMS COMPSIS
  • DBMS Tecnologia da Informação
  • Deten Química (Salvador)
  • ECAD MasterSaf
  • Electronic Data Systems do Brasil ( Banco GM )
  • Electronic Data Systems do Brasil ( Cartão de Crédito )
  • Electronic Data Systems do Brasil ( GM )
  • Electronic Data Systems do Brasil ( Visanet )
  • Energisa (Cataguases MG)
  • Engenharia e Teleinformática Ltda ( Salvador/BA )
  • Firestone
  • Fundação Baiana de Cardiologia
  • Fundação José Silveira
  • Golden Cross
  • GoodLife Belo Horizonte
  • HSBC
  • IBM do Brasil
  • Laboratório Clínico Delboni Auriemo
  • Line Informática (Uberlandia)
  • LOGOCENTER
  • MasterSaf
  • Matera System
  • Nutris Tecnologia E Sistemas De Nutrição Ltda
  • OAB Minas Gerais
  • PENSKE
  • Petrobras
  • Pif Paf Alimentos
  • Pirelli Cabos S.A.
  • Pirelli Pneus S.A.
  • Porto Seguro – Seguros
  • PowerLogic
  • Prefeitura Municipal de Patrocinio/MG
  • Prefeitura Municipal de Uberaba
  • Processamento de dados de Uberlandia
  • Prodemge – Processamento de Dados de Minas Gerais
  • Racional Engenharia
  • Redecard S/A
  • RK Hotéis e Turismo S/A
  • Salux
  • Seguros de Saúde
  • South Systems (São Paulo)
  • Staff Informática
  • Shell do Brasil
  • Shop Tour
  • SICS – HELP Informática
  • TecBan
  • Tecnovia Informática
  • Tools Software
  • TotalBanco
  • Telecomunicações Do Paraná S.A. ( Brasil Telecom )
  • Tenaris Confab (Pindamonhangaba)
  • Trends Advance
  • Tribanco de Uberlandia
  • Uma Das Cias Elétricas Do RS Cigna Seguradora
  • Unibanco
  • Unitech Tecnologia de Informação
  • Universidade de Uberaba
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense
  • Universidade do Rio dos Sinos Procergs
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Universidade Federal de Minas Gerais
  • Unnisa S/A
  • Van Communications
  • Visanet Companhia de Meios de Pagamento S/A
  • Volkswagen do Brasil S/A
  • Votorantim Mineração e Metais
  • Xerox do Brasil
  • Zeus Rio Solutions (Juiz de Fora)

 

Update 15/01/2017: A Appeon comunicou que, após a liberação do PowerBuilder 2017, será liberada uma lista de empresas que são clientes dele. Quando estiver disponível, atualizo este post.

Update 09/01/2017: Como a Appeon não liberou a lista, peguei emprestada a que o Thiago Campos fez no site dele. Recomendo a visita!

The following two tabs change content below.
Breno RdV
Ex-Psicólogo, com quase uma década de experiência em Recursos Humanos e Gestão de Pessoas, atual desenvolvedor e Analista de Sistemas, trabalhando com PowerBuilder, C#, PowerShell e expandindo horizontes para Python, Xamarin, PHP, Angular e (por que não?) Unity.

Comments

comments

Posted in Dev, PowerBuilder and tagged , .

One Comment

  1. Pingback: Monitorando arquivos de log com PowerShell – Raccoon Ninja

Comments are closed.